COVID-19. Abrimos nossas fronteiras. Leia a informação aqui..

Procure em La Ruta Natural

Aqui você pode pesquisar na página de La Ruta Natural o conteúdo desejado.

Pesquisar:

Rota dos Vales, Cânions e Yungas

Catamarca, Jujuy, La Rioja, Salta, Tucumán

Nas montanhas do noroeste, a Rota dos Vales, Cânions e Yungas convida você a descobrir uma das mais belas regiões da Argentina.

Berço das tradições ancestrais e terra da Pachamama, esta rota permite unir em poucas horas a Quebrada de Humahuaca ou os vales Calchaquies com a exuberante floresta de yungas, atravessar rotas panorâmicas, dormir em cidades históricas, desfrutar de vinhos e gastronomia, e percorrer algumas das paisagens mais imponentes da Argentina. 

Berço das tradições ancestrais e terra da Pachamama, esta rota permite unir em poucas horas a Quebrada de Humahuaca ou os vales Calchaquies com a exuberante floresta de yungas, atravessar rotas panorâmicas, dormir em cidades históricas, desfrutar de vinhos e gastronomia, e percorrer algumas das paisagens mais imponentes da Argentina. 

Como descobri-la

A Rota dos Vales, Cânions e Yungas abrange um amplo território distribuído entre as províncias de Jujuy, Salta, Tucumán, Catamarca e La Rioja. Alguns de seus destinos são bem conhecidos, mas há muitas outras atrações para descobrir.

Jujuy. De San Salvador de Jujuy, uma das principais atrações é a Quebrada de Humahuaca, com suas tradicionais vilas e paisagens. Ao leste, Jujuy mantém um segredo: em poucos quilômetros você passa do deserto para as Yungas, uma floresta montanhosa que atrai caminhantes e observadores de pássaros, e que pode ser visitada no Parque Nacional Calilegua, no Parque Provincial Potrero de Yala e em outras reservas provinciais e privadas.

 

Salta. A Cidade de Salta é o ponto de partida do famoso circuito "retorno aos vales Calchaquies" pelas RN 40 e 68 e a RP 33, com a possibilidade de conhecer a Cuesta del Obispo, o Parque Nacional Los Cardones, a Rota dos Artesãos, a Quebrada de las Conchas, a Quebrada das Flechas e o Abra del Acay. Há também aldeias pitorescas como Payogasta, Cachi, Molinos, San Carlos e Cafayate. 

 

Ao leste e norte da província estão as Yungas, protegidas no Parque Nacional El Rey (grande destino para observar pássaros e fauna em geral), o Parque Nacional Baritú, a Reserva Nacional El Nogalar de los Toldos e várias reservas provinciais e privadas.

 

Tucumán. Há várias áreas naturais muito próximas da capital, como a Reserva Natural Aguas Chiquitas e o Parque Provincial Sierra de San Javier. Mais ao sul, o Parque Nacional Aconquija tem trilhas de caminhada no meio da floresta das yungas, além de um importante sítio arqueológico. San Miguel de Tucumán também é o ponto de partida para desfrutar da Estrada Panorâmica 307 que conecta a capital com cidades e reservas naturais dos Vales Calchaquies, incluindo Tafí del Valle e a Cidade Sagrada de Quilmes.

Catamarca. San Fernando del Valle de Catamarca é um bom ponto de partida para você conhecer as atrações desta região. Para o leste, a RN 38 e a RP 9 percorrem as Yungas de Catamarca com pequenas vilas de montanha, opções de caminhada, observação da flora e fauna e vistas das montanhas cobertas de neve de Aconquija.  

No vale central, há várias barragens ideais para esportes aquáticos, enquanto para o sul da capital está o vale de Capayán, com opções de aventura. Nas quebradas do norte, a mítica Rota 40 atravessa os vales de Londres até Santa Maria, com sítios arqueológicos como o Shincal de Quimivil e opções de caminhada e excursões 4x4.  

 

La Rioja. Da capital provincial, você pode acessar atrações naturais, como Los Colorados e a Cueva del Chancho, no extremo sul do Vale de Antico, a Reserva Guasamayo ou a Sierra de los Quinteros nas planícies de La Rioja, também conhecida como Quebrada de los Cóndores.

Como chegar e circular

Os aeroportos de Jujuy, Salta, Tucumán, Catamarca e La Rioja têm voos regulares e serviços de ônibus.

 

A maneira mais prática de conhecer todas as atrações desta rota é de carro ou por meio de excursões. Alguns trechos podem ser percorridos com serviços regulares de ônibus.

 

Toda a região combina estradas de asfalto e cascalho sob diferentes condições, e algumas são estradas de montanha. Há lugares que só podem ser alcançados por veículos de tração nas quatro rodas. Verifique antes de sair para a estrada.

 

Onde dormir e comer

A maioria dos destinos tem hospedagens de várias categorias, cabanas e áreas de acampamento.  


A oferta é ainda maior nas capitais ou nas cidades mais turísticas, como San Salvador de Jujuy, a Quebrada de Humahuaca, Salta Capital, Cafayate, San Miguel de Tucumán e Tafí del Valle.

 

Quando ir

Esta rota pode ser visitada durante todo o ano, mas cada região tem condições climáticas diferentes. Nas Yungas, a estação de maiores chuvas é de dezembro a março, e algumas estradas podem se tornar intransitáveis. Nas Quebrada, de dezembro a março, o clima pode ser muito quente e as noites, como os invernos, geralmente são muito frias nas alturas.

 

Se você quiser ver ou participar de qualquer um dos festivais e carnavais populares da região, leve em consideração que a hospedagem é escassa e convém reservar com antecedência.

 

Confira o calendário de natureza para ver aves e fauna em geral.

Navegue pela rota