COVID-19. Abrimos nossas fronteiras. Leia a informação aqui..

Procure em La Ruta Natural

Aqui você pode pesquisar na página de La Ruta Natural o conteúdo desejado.

Pesquisar:

Rota do Litoral e Grandes Rios

Chaco, Corrientes, Entre Rios, Formosa, Santa Fe

Entre praias, rios, riachos e palmares, a Rota do Litoral e Grandes Rios convida você a desfrutar da magia selvagem do litoral.

Seguindo o curso do rio Paraná, Paraguai e Uruguai, e atravessada por inúmeros riachos, esta rota oferece tardes de praia e de esportes aquáticos, passeios a cavalo, caminhadas, passeios de caiaque, observação de pássaros e experiências inesquecíveis em parques nacionais e reservas naturais.

Seguindo o curso do rio Paraná, Paraguai e Uruguai, e atravessada por inúmeros riachos, esta rota oferece tardes de praia e de esportes aquáticos, passeios a cavalo, caminhadas, passeios de caiaque, observação de pássaros e experiências inesquecíveis em parques nacionais e reservas naturais.

Como descobri-la

A rota do Litoral e Grandes Rios se estende por uma grande região, de Formosa a Entre Rios. Abrange alguns destinos bem conhecidos, como o Parque Nacional El Palmar ou as praias de Corrientes, mas há muito mais para descobrir. Várias de suas cidades e vilas são ideais para começar a passear.

De Gualeguaychú (Entre Ríos) para Santo Tomé (Corrientes). Pela RN 14 e seguindo o curso do rio Uruguai, o Parque Nacional El Palmar e muitas localidades oferecem praias, banhos termais, pesca, esportes aquáticos, visita a reservas naturais, história e toda a cor das festividades nas datas do Carnaval. Outra atração imperdível nas proximidades, em Entre Rios, é o Rio Gualeguay e a Floresta Montiel.

 

Cidade de Santa Fe e Paraná (Entre Ríos). A poucos quilômetros de distância, e em margens opostas do Rio Paraná, são bons pontos de partida para descobrir o Litoral.  Da Cidade de Santa Fe e seguindo a RP 1, o corredor turístico desdobra 270 km de costa e locais históricos até chegar em Reconquista, um dos portais para Jaaukanigás. Da cidade de Paraná pela RN 12, você descobrirá praias, ilhas, reservas e ravinas em frente ao rio.

 

Reconquista e Villa Ocampo (Santa Fe). Ambas as cidades localizadas na RN 11, juntamente com Avellaneda, são ideais para se aventurar nos pântanos de Jaaukanigás, passeios de barco, caiaque e observação de pássaros e fauna em geral.

 

Corrientes Capital e Ituzaingó. Ideais para descobrir as praias e balneários do Paraná em Corrientes. Esquina, Empedrado e Bella Vista são os locais mais conhecidos. Além disso, desde Corrientes você pode viajar para o leste e descobrir alguns portais dos Esteiros do Ibera, e desde Ituzaingó, a ilha Apipé Grande.

 

Resistencia (Chaco). A partir dessa cidade, você pode visitar a Reserva Los Chaguares, a Reserva Natural Educacional Colonia Benítez e a Ilha do Cerrito, com suas imponentes vistas para o rio. Também é um bom ponto de partida para você conhecer a rota Gran Chaco.


Formosa Capital. No extremo norte da região, a Cidade de Formosa guarda um tesouro: a Reserva de Biosfera Lagoa Oca e as Ferraduras do Rio Paraguai.  A partir daqui, você também pode visitar o Parque Nacional Pilcomayo e o Bañado La Estrella.

Como chegar e circular

A maneira mais prática de percorrer esta rota, que tem como eixos principais as RN 12 e 14 (asfaltadas), é de veículo ou com excursões.  

 

Todos os trechos podem ser feitos com serviços regulares de ônibus.  

 

Em toda a região, há uma combinação de estradas de asfalto e cascalho em diferentes condições.  

 

Os aeroportos de Santa Fe, Paraná (Entre Rios), Corrientes, Resistencia (Chaco) e Posadas (Misiones) têm voos regulares e opções de aluguel de carros.  

 

Onde dormir

As capitais e os locais mais turísticos como Paraná, Santa Fe, Resistencia, Formosa, Corrientes, Paso de la Patria, Ituzaingó, Posadas, Gualeguaychú, Colón ou Monte Caseros têm a maior oferta de hotéis e diferentes categorias.  

 

Outras cidades menores nas margens dos rios também oferecem hospedagem, especialmente cabanas, acampamentos, bangalôs ou aparts.

 

Quando ir

 

O ano todo. Se você quiser desfrutar das praias, o melhor momento é de novembro a março.  

 

Para observar pássaros e fauna, confira o calendário de cada região.  

 

Para pesca esportiva, leve em consideração as épocas de proibição.

 

Confira sempre a altura do rio para realizar atividades náuticas e acampar em época de crescente.

 

+Info: clique para o CLIMOGRAMA E O CALENDÁRIO DA NATUREZA.

 

Leve em consideração

Dado o contexto sanitário, averigue com tempo quais são os requisitos de acesso da província que você escolher. Algumas atrações, parques nacionais e reservas podem ter cotas que devem ser solicitadas com antecedência. 

 

Sempre observe as velocidades máximas ao dirigir, especialmente em áreas protegidas, para evitar acidentes e não perturbar a fauna.

 

É importante levar em consideração que as frequências dos barcos ou das embarcações podem ser escassas. Confira os horários ao planejar visitas.

 

+ Info: clique para GUIA VIAJANTE NATUREZA

Navegue pela rota