COVID-19. Abrimos nossas fronteiras. Leia a informação aqui..

Procure em La Ruta Natural

Aqui você pode pesquisar na página de La Ruta Natural o conteúdo desejado.

Pesquisar:

Rota do Delta

Buenos Aires, Entre Rios, Santa Fe

Muito perto de Buenos Aires, Rosario, San Pedro, Zárate e outras grandes cidades, a Rota do Delta convida você a se reconectar com a natureza e desfrutar da magia do Rio Paraná e suas ilhas.

O baixo delta do rio Paraná é um ecossistema único que oferece lugares ideais para você passar o dia ou fazer uma escapadinha de fim de semana. Você vai poder praticar atividades náuticas, visitar reservas naturais e parques nacionais pouco conhecidos ou simplesmente descansar à beira do rio.

O baixo delta do rio Paraná é um ecossistema único que oferece lugares ideais para você passar o dia ou fazer uma escapadinha de fim de semana. Você vai poder praticar atividades náuticas, visitar reservas naturais e parques nacionais pouco conhecidos ou simplesmente descansar à beira do rio.

Como descobri-la

Tigre (Buenos Aires). É a porta de entrada para as ilhas do Delta, a 40 minutos da Cidade de Buenos Aires. Do seu porto fluvial saem lanchas e passeios para passar o dia em áreas de lazer, comer em restaurantes à beira do rio ou se alojar nas hospedagens das ilhas.

 

Campana, San Pedro, Baradero, Ramallo e San Nicolás (Buenos Aires). 

Tomando como eixo a RN 9 em um percurso de apenas 100 km, essas cidades às margens do rio Paraná são a porta de entrada de áreas naturais como o Parque Nacional Ciervo de los Pantanos e reservas urbanas como a Reserva Natural Urbana Parque del Este, em Baradero; a Reserva Vuelta de Obligado, perto de San Pedro; a Reserva Municipal de Ramallo e a Reserva de Aguiar, em San Nicolás.

 

Rosário e Cidade de Santa Fe (Santa Fe). Nestas duas cidades, você encontrará praias diferentes para descansar e aproveitar o sol, o rio e praticar esportes aquáticos. Partindo de qualquer uma das duas cidades, você pode passar para a província de Entre Ríos para seguir a Rota do Delta em direção ao Paraná e Victoria pela RP11.

Gualeguay, Victoria e Diamante (Entre Rios). A RP 11 mergulha em 200 km de natureza, cultura e tradição. Unindo estas 3 cidades você poderá descobrir as ilhas do Delta de Entre Rios e o Parque Nacional Pré-Delta.

 

Ceibas, Ibicuy e Villa Paranacito (Entre Ríos). Muito perto da ponte Zárate-Brazo Largo e a poucos quilómetros de Buenos Aires, estas cidades são um convite para  descobrir o fascinante mundo da observação de aves. Com a ajuda de um guia local, você pode ver mais de 100 espécies em um único dia.

 

Conexão com a Rota do Litoral e Grandes Rios. [1] Das cidades de Santa Fe e Paraná ao norte e Gualeguay ao leste, você pode continuar a viagem ao longo das margens dos rios Paraná e Uruguai para descobrir a Rota do Litoral e Grandes Rios.

 

Como chegar e circular

Há voos diários e serviços de ônibus frequentes para a Cidade de Buenos Aires, Rosário, Santa Fé e Paraná.

 

A partir destas cidades há uma extensa rede de rotas asfaltadas que permitem conectar vários destinos numa mesma viagem, seja de carro ou de ônibus.

 

Duas pontes e um túnel subfluvial cruzam o rio Paraná e são uma atração à parte: a ponte Zárate-Brazo Largo liga as províncias de Buenos Aires e Entre Ríos, enquanto a ponte Rosario-Victoria e o túnel Santa Fe-Paraná unem as províncias de Santa Fé com Entre Ríos.

 

O acesso a algumas atrações é feito por estradas de terra que podem ficar intransitáveis ​​com a chuva. Outras só são acessíveis por transporte fluvial.

 

Onde comer e dormir

Há uma boa oferta de hospedagem nas grandes cidades e campings, cabanas e lodges para desfrutar da natureza em lugares mais remotos que só são acessíveis ​​de lancha.

 

 

Quando ir

Durante todo o ano, embora a melhor época para aproveitar o rio e suas atrações seja entre outubro e março.

As chuvas costumam ser mais frequentes durante novembro e março. Leve sempre roupa impermeável e, no outono e no inverno, um casaco.

+Informações: clique em CLIMOGRAMA E CALENDÁRIO DA NATUREZA.

Para levar em consideração

 

Dado o contexto sanitário, procure saber com tempo quais os requisitos de acesso à província que você escolher. Algumas atrações, parques nacionais e reservas podem ter acesso limitado de visitantes. Se for assim, reserve com antecedência.

 

Se for de carro, respeite sempre as velocidades máximas. Se as estradas não forem pavimentadas, informe-se se pode passar com o seu veículo. Algumas estradas só são transitáveis com veículos 4x4 e muitas áreas podem ser fechadas devido à enchente dos rios ou riachos.

 

Use repelente e, se for fazer passeios na mata, é melhor usar calça e camisa de manga comprida.

 

As frequências das lanchas ou embarcações são, em geral, escassas. Leve em consideração os horários ao planejar as visitas.

 

 

+Informações: clique em GUIA DE VIAGEM DA NATUREZA

Navegue pela rota